Nadi Shodhana Pranayama ou respiração das narinas alternadas é uma das técnicas de pranayama mais comuns e eficazes. Ela pode ajudar em vários distúrbios respiratórios, como asma, bronquite, alergia nasal e também é uma ótima técnica para reduzir o estresse e a ansiedade, pois acalma a mente e traz mais clareza de pensamentos.

Nadi = canal de energia sutil;
Shodhana = limpeza, purificação;
Pranayama = técnica de respiração.

Nadis são uma rede de canais de energia sutis através dos quais o prana (força vital) flui e nutre o corpo e a mente. Eles incluem vias físicas no corpo, como o sistema circulatório e nervoso, mas também canais puramente energéticos. Esses canais podem ficar obstruídos por vários motivos, causando problemas de saúde. Nadi Shodhana ajuda a limpar esses bloqueios, por isso é uma técnica de respiração poderosa para cultivar nosso bem-estar físico e também a tranquilidade mental.

POR QUE É TÃO IMPORTANTE EQUILIBRAR E DESBLOQUEAR AS NADIS?

Ida, Pingala e Sushumna são as três nadis mais importantes do corpo humano. Elas sobem da base da coluna e até a cabeça, passando pelos nossos chakras principais (centros de energia), Ida à esquerda, Sushumna no centro e Pingala à direita. Ida e Pingala são as duas forças opostas fluindo dentro de nós. Ida, também conhecida como Chandra ou Nadi da Lua, é passiva, introvertida, feminina e relacionada ao sistema nervoso parassimpático. Pingala, também chamada de Surya ou Nadi do Sol, é ativa, extrovertida, masculina e relacionada ao sistema nervoso simpático.

Quando Ida não está funcionando bem, pode causar obstrução da narina esquerda, resfriado, depressão, baixa energia mental e digestão lenta. Já quando Pingala não está funcionando adequadamente, pode causar bloqueio da narina direita, calor, temperamento explosivo, irritação, coceira no corpo, pele seca, apetite excessivo e muita energia física e sexual.

No Nadi Shodhana Pranayama, mudamos a respiração de um lado para o outro, ajudando a equilibrar Ida e Pingala, para que o prana possa fluir na Sushumna Nadi. Para compreender melhor como esse pranayama funciona em nosso sistema, é importante saber mais sobre prana, nadis e chakras, assunto que exploro mais a fundo no post “Teoria do Prana”. Para explorar mais a fundo esse tópico, confira meu post “Teoria do Prana”.

BENEFÍCIOS DO NADI SHODHANA
  • Ajuda com problemas respiratórios como asma, bronquite, alergia nasal
  • Reduz a frequência cardíaca
  • Reduz o estresse e a ansiedade
  • Reduz a raiva e as oscilações de humor
  • Acalma a mente
  • Ajuda na concentração
  • Traz clareza de pensamentos
  • Dá um estado pré-meditativo, perfeito antes da meditação
  • Sincroniza os dois hemisférios do cérebro
  • Equilibra as nadis, purifica Ida e Pingala e facilita o fluxo de energia através de Sushumna
  • Libera bloqueios prânicos

COMO FAZER

Passo 1

Encontre uma posição sentada confortável com a coluna reta.
Coloque a mão esquerda sobre a perna em Chin Mudra (gesto de mão) e levante a mão direita em Nasagra Mudra. O polegar e o anelar serão usados ​​para controlar o fluxo da respiração, fechando suavemente as narinas.

Passo 2

Feche suavemente a narina direita com o polegar. Inspire pela narina esquerda e feche-a com o dedo anular. Abra e expire lentamente pela narina direita.

Passo 3

Mantenha a narina direita aberta, inspire, feche-a, abra e expire lentamente pela esquerda. Este é um ciclo. Repita cerca de 5 a 10 vezes.
Para começar, o tempo de inspiração e expiração deve ser igual, usando a proporção 1: 1.

Passo 4

Solte o mudra de mão e volte à respiração normal tomando um tempo para observação e absorção.
Se não houver dificuldade, você pode começar a aumentar a contagem da respiração lentamente até chegar em 10:10, explorando cada nova proporção por um tempo em sua prática.

Para entender melhor essa técnica você pode seguir minha orientação neste vídeo.

PRÁTICA AVANÇADA

Depois de compreender esta técnica e se sentir confortável com a proporção 1: 1, você também pode praticar com expirações mais longas e mais tarde aplicar Kumbhaka que é a retenção da respiração, bem como Bandhas (bloqueios de energia).

Para começar a avançar em sua prática, mude a proporção para 1: 2, inicialmente praticando a proporção 4 (inspira): 8 (expira) e continue a estender a respiração até que 10:20 possa ser executado com total facilidade.

Depois de aperfeiçoar a proporção 1: 2, você pode avançar ainda mais em sua prática aplicando a retenção da respiração, trabalhando primeiro na retenção após uma inspiração (Antar Kumbhaka) nas proporções 1: 1: 1 e 1: 2: 2, e 1 : 4: 2 e posteriormente adicionando também a retenção após uma expiração (Bahir Kumbhaka) visando uma proporção final de 1: 4: 2: 2 com a adição de bandhas.

* Esses estágios avançados da prática não devem ser praticados sem a orientação de um professor experiente, pois têm várias contra-indicações. Menciono neste post apenas com o propósito de compreender totalmente a técnica.

Além disso, o desenvolvimento do Nadi Shodhana deve acontecer durante um longo período de tempo praticando cada proporção até seu completo aperfeiçoamento. Todos os benefícios desse pranayama serão obtidos sistematicamente, portanto, correr para estágios avançados provavelmente perturbará o sistema, já que o corpo e a mente precisam de tempo para se adaptar aos efeitos de um novo padrão respiratório.

Pranayamas em geral podem ter um impacto profundo em nosso corpo, mente, sistema nervoso, níveis de energia, emoções e outros aspectos da personalidade, portanto, devemos ser prudentes ao praticá-lo. Para entender melhor como o prana afeta nosso sistema, corpo e mente leia também o meu post “Teoria do Prana”.

REFERêNCIAS

Saraswati, S. S. (1969), Asana Pranayama Mudra Bandha. Bihar, India: Yoga Publications Trust.
Kumar, S. (2019), Yogadarshanam Advanced Yoga Teachers Training Manual. Mysore, India: Yogadarshanam.
Townsend, P. (2018) Embodyoga In-Depth Study and 200hrs Teacher Training Manual. US: Embodyoga.
YJ Editors (2007, 2017), ‘Channel Cleaning Breath’, Yoga Journal, 28 August. Available at https://www.yogajournal.com/poses/channel-cleaning-breath (Accessed: 18 September 2020).
Gannon, S. (2008), ‘Nadi Shodhana’, Jivamukti Yoga, September. Available at https://jivamuktiyoga.com/fotm/nadi-shodhana/ (Accessed: 20 September 2020)

* Este post foi publicado também no blog da Island Yoga Thailand.

Written by Mariana Lourenço

Mariana is a content creator, founder and editor of Stories Collective - an independent fashion & art magazine. A former fashion stylist, she has more than 10 years experience in the creative industries in London, Berlin and São Paulo. Currently seeking a yoga and sustainable lifestyle, she is living in Thailand dedicating her time to her recently created yoga project Omlove. In her yoga classes, she loves to create inspiring flows while encouraging her students to go beyond the asana practice through intention, meditation and pranayama. A creative soul and change-maker, Mariana seeks to live a low-impact lifestyle and hopes to make the world a better place through her daily activism, collaboration with purpose-driven companies and yoga teaching.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: